Projeto Alexandra Solnado
ÁREA PESSOAL
Sair
BLOG


Mensagem inédita de Jesus sobre os Índigo

Almas Índigo

Os índigo são especiais. Eles sabem que são especiais e querem ser amados como tal.
São crianças que não esperam a hora de ver o mundo em paz. Não é uma utopia, não penses.
Eles trazem uma lembrança futura, onde o mundo subirá de vibração, e as palavras de ordem serão compreensão, aceitação e amor incondicional.
Amor por tudo. Pela terra, pelas árvores, pelos animais, ter amor pelo chão que se pisa.
Ter respeito pelos seres que coabitam esta imensidão de espaço.
Este é o sonho dos índigo. Esse é o seu sonho e a sua missão.

Os índigo são treinados lá em cima. Mostramos-lhes o futuro e tudo o que têm que fazer na terra para o alcançar.
Por isso é que uma vez eu te disse "As crianças não é preciso educá-las. Só é preciso amá-las. Elas já vêm educadas".
Elas realmente já vêm treinadas. Sabem onde vocês têm de chegar e preparam-vos para isso.Têm a lembrança futura do que a terra vai ser e preparam-se para conquistá-la. Têm um propósito. Por isso é que se acham diferentes. Sentem que não fazem parte deste mundo, e por um lado é verdade. Eles fazem parte de um outro mundo. O do Futuro. Não suportam autoridade porque não querem confusão. As suas mentes estão programadas para o que têm que fazer.

Têm os comandos todos na cabeça.
Têm um novo mundo na cabeça.
Quando um pai, uma mãe ou uma professora dá uma ordem sem a explicar, esse comando torna-se extremamente agressivo ao índigo. Ele quer saber o porquê da ordem e verificar se confere com o que está na sua lembrança futura.
Por isso é tão importante a negociação.
Para que essa criança aceite o que os adultos propõem sem pôr em causa o mundo que veio edificar. Ela sabe que não pode construir o seu novo mundo hoje, mas também sabe que não pode perpetuar o velho.
As máquinas e os homens são a sua grande paixão. As máquinas porque terão de utilizá-las para o avanço pretendido.
Os homens, porque em cada gota de sangue de um índigo corre a humanidade inteira. Ele é capaz de sentir as dores do mundo, e quer, sem dúvida curá-las.
Assim como as dores da terra, dos animais.
Ele vem à terra com uma missão. Consertar o que está errado. Quem são vocês para impedir?
Os índigos são os meus representantes na terra.
O problema é a memória que eles trazem das outras vidas.
A partir do momento em que essa memória seja retirada eles estarão livres.
Para cumprir a missão que eu lhes destinei.
Eles só nascem de pessoas que tenham capacidade de os orientar, compreender e amar.
As pessoas podem não perceber ainda, mas poderão sempre escolher evoluir, escolher mudar.
Eu envio os índigo para famílias que têm potencial espiritual, mas que nem sempre escolheram desenvolver esse potencial. Como a vossa terra necessita de seres altamente espiritualizados para superar a frequência energética da terra no seu todo, escolhemos esses pais e enviamos um índigo, para que tenham compulsivamente que evoluir.

- E os que escolhem não evoluir?

Estarão a maltratar estas almas índigo, estarão a interferir na missão desse ser, entupindo-o com a sua densidade.
Em vez de todos se elevarem, o índigo é obrigado a retroceder. Terá doenças, depressões e hiperactividade, fruto da alteração energética a que é sujeito.
Estamos a enviar forças para modificar o sistema energético de terra e vocês estão a bloquear essas forças. A escolha é vossa. Essa tem sido a escolha colectiva da humanidade.
Enquanto não compreenderem que essas crianças (e também adultos, pois já existem adultos índigo na terra. Tu és um deles) têm uma tarefa específica, e são tão destemidas que irão morrer a tentar executá-la. Enquanto não perceberem que podem perder os vossos filhos ou tê-los doentes por várias temporadas pelo simples motivo que se recusam a deixá-los ensinar-vos a nova lei, a energia do triângulo, enquanto esta re-harmonização não acontecer, a tristeza reinará nos vossos campos.

- Como é feita essa harmonização?

Tem a ver com o amor incondicional.
Os índigo, por trazerem o terceiro vértice de energia do triângulo, que é a conexão absoluta com o céu, numa primeira fase não conseguem assentar completamente na matéria.
Essa energia densa que se vive aí em baixo é muito pesada para eles e eles ressentem-se muito com isso.
Apanham entidades, incorporam as suas próprias encarnações, fruto de extrema conexão e presença de memória das vidas passadas no seu complexo vibracional.
Com muito amor, esses pais iriam ensinar estes miúdos a viver cá em baixo, seguindo regras que as suas mentes espirituais pudessem aprender, onde estariam invariavelmente presentes os conceitos da justiça, humanidade, humildade, ecologia e afecto.
Estes conceitos terão de estar presentes na vida destes índigo, de contrário há ameaça de eles se revoltarem, pois não conseguem compreender conceitos densos tais como hipocrisia, falsidade e violência.
Estas crianças, ao serem respeitadas nas suas frequências energéticas, irão ensinar todo um mundo novo, onde as outras dimensões estão presentes e são interligadas com a maior das naturalidades.
Este é nosso plano. Uma vez, eu disse-te que quem morria já não poderia nascer no mesmo nível de densidade.
Seria treinado, teria estágios evolutivos avançados, treinamento acerca da sua nova missão. E, quando estivesse preparado, com um nível energético apropriado para mudar a frequência da terra, nessa altura iria passar o novo filtro da consciência e ter autorização para encarnar.
Pois bem. Estes são os meninos índigo.
Treinados. Evoluídos. Preparados.
Prontos para o confronto. Prontos para serem mártires, se necessário, mas nunca desistindo da sua nova missão.
Fazer-vos ver a luz.

Jesus




Voltar ao topo



Copyright © 2016 Projeto Alexandra Solnado. Todos os direitos reservados.