Projeto Alexandra Solnado
ÁREA PESSOAL
Sair
BLOG
Excertos
A Alma Iluminada



10 de Novembro de 2005 - 20h40
O nome deste livro será "A Alma Iluminada".
Está na hora das pessoas perceberem que a sua evolução tem valido a pena.
Daqui do céu consigo ver as luzes, a alegria das almas que finalmente encontraram a luz.
Essas almas hoje estão mais livres do que nunca. Estão mais iluminadas, mais esclarecidas. Este nome é simbólico. É como que um contributo, uma homenagem dos habitantes do céu a estes homens navegantes do tempo, por todas as batalhas perpetradas em nome da evolução da humanidade.
É uma homenagem que vos queremos fazer. Queremos que saibam que estamos atentos cá em cima, a perceber as dificuldades e a apontar caminhos.
Caminhos difíceis às vezes, mas essenciais na sua natureza. Almas iluminadas são as vossas, que conseguem sobreviver na densidade, que conseguem perpetuar a espécie sem ter medo da própria vida.
Sem ter medo dos medos, da perda, da desgraça, do infortúnio, da maldade e da doença. Sem ter medo de nada. Ou melhor, encarando o seu medo e trabalhando a sua crença. Mais do que tudo, as almas iluminadas conseguem acreditar. Ter fé que o homem vai acordar do seu entorpecimento milenar a tempo, e vai voltar-se para o céu, finalmente. E para si próprio, para os seus anseios, seus ideais, seus sonhos.
Almas iluminadas são aquelas que já não têm medo do medo, e conseguem pôr o dedo na ferida. Conseguem tratar-se, conseguem curar-se, conseguem inclusive ser cada vez mais felizes.
Almas iluminadas são vocês.

Jesus



4 de Abril de 2005 - 01h10
Falo em amor verdadeiro, aquele que faz a pessoa aceitar-se tal e qual é, que a faz colocar-se no topo da sua lista de prioridades, que faz a pessoa fazer escolhas que reflictam quem ela realmente é.
Não é isso que acontece.
As pessoas normalmente vibram pelo medo, fazem escolhas em relação ao que os outros querem ou que as suas religiões mandam. Estão sempre a pensar nos outros e como fariam para viver vidas que não são suas.
Focalizam fora de si próprios à procura de exemplos para imitar. Imitar não é Ser. Ser dá muito mais trabalho porque obedece a uma lógica própria que apenas tem como referência o que tu sentes e intuis que és.
Ser é muito mais desconfortável do que corresponder ao que os outros esperam.
Ficar à espera que os outros correspondam é muito mais fácil do que compreendê-los e respeitá-los pelo que eles escolheram para si próprios e defender as escolhas que tu própria fazes em consonância com o que tu és.
Resumindo. Ser é difícil, os outros reclamam, não aceitam que uma pessoa seja (porque fá-los aceder ao facto de que eles também não são) e criticam.
Mas a alegria interior que vivencias a cada vez que consegues escolher por ti, a serenidade de viver com o peito aberto e em constante mutação para te tornares uma melhor pessoa, é mágico e tem a força de mil montanhas.
Nunca mais vais depender. Nunca mais vais achar que estás errada e que alguém te vai castigar.
Porque no caminho do Ser não há erro. Tudo é evolução.

Jesus



20 de Maio de 2005 - 11h00
Búzios, Brasil

Aprende a seguir os sinais. Se eu estou aqui todo o tempo, se me vês e sabes que nunca te abandono, se sabes que até o desafiar do vento tem a minha mão mágica, se já te entregaste a mim, entregaste a tua vida, os teus filhos, o nosso trabalho, se tens consciência que está tudo entregue, é claro que cada acontecimento, cada surpresa, cada imponderável tem a mão mágica do céu.

É mais provável que seja eu a operar quando não estás à espera, quando ninguém conta, e acontece um acto cirurgicamente desprogramado e irreal, em vez de todos os planos e todas as combinações prévias.
Aprende a confiar no acaso. O acaso sou eu. O acaso tem a minha lógica, jamais terá a tua.
Lê nos acasos a lógica do céu, e aprende a seguir, como a borboleta, a força inefável do vento.
A natureza é sábia. Os animais só vão para onde têm que ir.
As aves voam milhares de quilómetros, porque sabem as armadilhas do tempo, porque lêem nas entrelinhas do tempo. As baleias percorrem o mundo, através de linhas energéticas e invisíveis desenhadas pela minha mão.
Todo o mundo animal se move sob os meus desígnios.
Porque é que o homem, o ser humano, único a deter um nível superior de entendimento, porque é que esse ser deseja tanto fazer a minha parte?
Porque é que quer ser ele a desenhar caminhos para ele próprio?

Porque é o único ser sobre a terra que se preocupa com o que é que os outros vão pensar.
Porque é o único ser sobre a terra que sofre antecipadamente porque uma coisa pode não dar certo.
Porque é o único que tem medo de sofrer. Medo de morrer.
No dia em que o homem compreender que a morte, tal como tudo na vida, é apenas uma mudança de estado, que sofrer é apenas uma mudança de estado, e em última análise, que viver não é mais do que uma permanente mudança de estado, nesse dia, quando deixar de julgar as coisas pelo método simplista do "quero isto" ou "não quero isto", no dia em que o homem descobrir a liberdade inerente ao vento e, simplesmente, se deixar ir, nesse dia, nós cá de cima teremos a missão cumprida.
Jesus



26 de Setembro de 2005 - 23h20
Ao aceitar, o ser começa a abrir-se para o infinito, para as novas dimensões.
E é lá que vai buscar inspiração e luz para iniciar o próximo processo pós perda.
O processo de ascensão.
Ao ir buscar energia ao céu, acede à sua parte divina, que a partir deste momento começa a operar por si lá em cima. E os caminhos começam a abrir-se.
Começam a abrir-se porque o ser, agora iluminado, começa a projectar uma energia que não era sua até aqui.
Uma energia leve, alta, muito alta, de grande comunhão entre todos. De grande comunhão entre os povos.
Essa energia é a energia de Aquário.
Ao emanar essa energia, o ser prepara-se para receber essa mesma energia de volta, que o volta a reenergizar.

- Essa energia reenergiza-se?

Sim. A energia de Aquário é a única com que os homens se podem alimentar.
O ser recebe essa energia do céu, emana-a e recebe de volta.
Enchendo várias vezes.
Mesmo quando não receber essa energia de volta, e atrair uma mais densa, vai poder reciclá-la com a nova energia que vem do céu.
Depois deste estágio vem o caminho da ascensão.
O ser vai recebendo a nossa energia, vai mudando a sua frequência energética, até que esta nova energia seja cada vez maior.
Um ser cheio de luz é um ser alto, que já subiu oitavas em relação aos restantes.
O fim desta história é o ser, já a vibrar pela aceitação, a receber cada vez mais luz, a limpar karmas um a um, a superar densidade e a subir.

Jesus



Voltar ao topo

Copyright © 2016 Projeto Alexandra Solnado. Todos os direitos reservados.