Projeto Alexandra Solnado
ÁREA PESSOAL
Sair
BLOG

Testemunhos
Módulo Aprender a Ver



As aulas Aprender a Ver, foram extremamente importantes para mim. Ajudaram-me a ir lá cima mais vezes… nessas idas, ia descobrindo o quão brilhante é o céu! E como nos pode ajudar a crescer! Foi nestas sessões, na TEI e nas limpezas que eu comecei a fazer uma viagem ao meu interior. Lá, onde mora a minha alma, que agora já está mais feliz. Foi lindo! Cada aula, foi um desafio, uma boa experiência… com muita luz. Essa luz, esse amor, já começaram a fazer mudanças (cura)… mesmo os momentos mais difíceis serviram para crescer! Foram esses que me mudaram mais… Por tudo, tudo mesmo… um obrigado gigante a todos com quem me cruzei. Todos contribuíram para o que já sou hoje. Só a vossa presença, o vosso sorriso, foram uma lufada de ar quentinho, que me ajudaram a fazer a minha pequena caminhada nesta experiencia brutal, que é a espiritualidade.

Uma beijoca e um abraço bem apertadinho.
Teresa




As duas últimas aulas do "VER" de 2012 foram muito importantes para mim.
A penúltima, sobre o corpo e as doenças, onde Jesus ensinou que "o corpo é cúmplice da Alma, não é cúmplice do Ego" foi tão boa que fiquei com a sensação de ter crescido.
Fiz o exercício 7 dias seguidos e foram surpreendentes os resultados, em todo o corpo. Continuo a fazê-lo sempre que sinto necessidade de relaxar e limpar o físico ou tomar consciência do porquê de uma dor ou alguma coisa que acontece. Fantástico!




Olá,

Comecei a fazer meditação em 2010. Há algum tempo que sentia que deveria ir ao Projeto Alexandra Solnado. Finalmente e felizmente a 05 de Dezembro de 2012 fui à minha primeira sessão de Aprender a Ver, e desde então programo os meus afazeres para estar disponível e ir à sessão Aprender a Ver.

O que se aprende, o que se vê, o que se sente é maravilhoso e transformador. Recebo do céu aquilo que preciso. Recebo mensagens visuais e emoções de luz como resposta às minhas dúvidas.

Na minha primeira sessão, o tema era perguntar a razão de ter determinada doença ou dor, no sentido de ser uma indicação de desvio do caminho de cada um. Ou seja, que mal-estar tinha sofrido pois havia escolhido algo no meu percurso de vida que não era para mim. E quando iniciei a meditação, o meu ego pôs-se logo a pensar vai dizer porque estás a emagrecer... Calei o meu ego, e com a ajuda da Antónia, vi uma cena linda que me faz chorar enquanto vos escrevo.

Vi duas imagens de luz muito, muito branca e brilhante. Uma imagem era um corpo nu, de cabeça lisa, com contornos muito bem definidos. A outra imagem era a minha alma/essência com um cabelo esvoaçante, toda ela era leve e esvoaçante. O corpo tinha uma saliência no ombro esquerdo, e a alma esvoaçante aproximou-se do corpo e colocava a sua mão de energia nessa saliência do ombro e dava-lhe festinhas. A alma pedia desculpa ao meu corpo, pelo acidente que resultou na luxação do meu ombro (em Junho de 2012). E eu senti que o acidente aconteceu porque eu não estava no meu caminho, não era feliz com o que tinha escolhido. De seguida o corpo nu pegou na mão da alma e fê-la rodopiar enquanto dançavam juntos. Senti que estávamos bem, eu estava a perceber e intuir o que era melhor para mim.

Agradeço ao Céu, e às pessoas que fazem parte do Projeto, a vossa disponibilidade, o vosso carinho. Muito Obrigada.
Eliana R.




Hoje fiz um dos exercícios mais bonitos do meu processo.

Na última quarta-feira, a aula que a Helena deu no Aprender a Ver foi sobre as Máscaras.
Começou por uma chuva de Luz que ia limpando as células... vi a minha densidade a escorrer como se fosse lama a ser levada pela chuva... Fui ficando vazia, vazia, até que me invadiu um amor enorme no peito e vi as pessoas que amo.

Ao mesmo tempo que o amor crescia, vi a máscara que eu utilizo para não demonstrar o que sinto. o meu peito doía de tanto amor e eu perguntei a Jesus o que fazer. Ele só disse: "Deixa sair..."  Foram tantos séculos a esconder-me, foram tantas vidas a rejeitar-me, que embora já tenha muita consciência, ainda me é difícil dizer o que sinto, principalmente se não sou correspondida ou compreendida.  Mas já comecei...

Hoje depois de deixar que a chuva de Luz me limpasse, subi até Jesus, e depois de conversarmos, Ele colocou-me na mão dele, e disse-me para me aconchegar. Pus-me em posição fetal. Vi uma imensa Luz e a sua mão a fechar-se como uma concha que se fecha para proteger a sua pérola. E adormeci. Não há nada melhor que sentir a protecção do Céu.

Obrigada Alexandra por tudo o que me tem ensinado.
Obrigada Jesus pelo teu Amor.
Obrigada.

Carmen Farias




Olá,

O meu nome é Susana e costumo frequentar as aulas do "Aprender a Ver' e já fiz o curso de nível I da Alexandra. Na última aula, durante a meditação aconteceu algo…Passo a explicar:

Passados uns minutos depois de ter começado a meditação, vi que tinha um par de asas muito bonito, grande e branco. Senti que eram minhas, e senti que era algo muito importante. Senti uma felicidade gigantesca e muito leve. Não entendei se estas asas me foram dadas pelo céu, ou se já as tinha e não as via...

Durante a meditação voei com o meu Eu Superior, ele mostrou-se muito feliz por eu ter estas asas... e no céu também tudo parecia muito contente, embora não tenha visto ninguém em específico, senti que lá em cima todos estavam muito contentes com o que se estava a passar comigo... como se fosse um momento muito importante na minha vida!

Depois de terminar a aula, no caminho de casa senti-me numa felicidade incrível.. e desde essa altura, que vejo as asas nas minhas costas.. não preciso estar em meditação para as ver, basta 'virar' a minha consciência para lá, elas lá estão... tenho controlo sobre elas como se fossem mais dois braços, posso estica-las e tenho a mesma sensação de allívio de como quando se espreguiça com os braços... a sensação de Paz e liberdade são grandes!

Obrigada
Susana Castro




Agora que viu como esta aula mudou a vida destas pessoas, clique aqui para saber mais sobre esta e outras aulas.



Voltar ao topo

Copyright © 2016 Projeto Alexandra Solnado. Todos os direitos reservados.