Projeto Alexandra Solnado
ÁREA PESSOAL
Sair
BLOG
Excertos
A Minha Limpeza Espiritual



Vou começar por explicar este assunto de forma mais simples possível.
O corpo físico é sustentado por um campo energético.
A energia entra, flui pelo corpo, é processada e sai.
Esse entrar e sair de energia é o que fornece ao homem a força e o equilíbrio para sustentar as actividades do dia a dia.
Simples, não é?

- Sim, parece simples.

Mas não é.
O sistema energético mantém uma ligação profunda com o sistema emocional, que por sua vez mantém uma ligação com o sistema mental, que por sua vez sustenta todo o sistema de crenças, isto é, as coisas em que o ser humano acredita.
Pois bem. Basta um ligeiro desequilíbrio no sistema de crenças para atingir o sistema mental, que por sua vez atinge o sistema emocional, que por sua vez pode bloquear o fluir do sistema energético.

- E o que se deve fazer?

Antes do mais, limpar. Limpar os bloqueios existentes, e abrir o coração para não criar mais bloqueios.

- Abrir o coração?

Sim, viver as emoções livremente. Não criticar com a mente as emoções, à procura de uma lógica. Tens vontade de chorar, chora. Tens vontade de rir, ri. Sem perguntar o porquê. Sem procurar uma lógica. As emoções não têm lógica. Com o tempo, os bloqueios actuais vão sendo desfeitos e com uma nova atitude menos ilusória e de coração aberto vão se evitando mais bloqueios.

- E que nova atitude é essa?

Chorar quando se tem vontade. Deixar-se emocionar.
Pôr o coração a par da mente, na vida, pois os dois são opostos e deverão ser vividos em igual intensidade. E limpar-se, limpar-se sempre.

Jesus



Como eu já te expliquei várias vezes, as experiências na matéria terão que ser vivenciadas, mas o que realmente conta cá em cima não é o que se vive e sim como é que se vive.
Se uma pessoa passa por uma experiência de doença por exemplo, com o coração aberto, ela vai passar pelo que tiver de passar, com o mínimo de resistência possível, chorando tudo o que houver para chorar, mas não fingindo nem se vitimizando. Não foi Deus quem lhe enviou esta doença, ela não é a única a tê-la, e não é a força da inveja dos outros quem a provocou.
Apenas está na hora de passar por ela, para se fragilizar, para se pôr em causa a si e às suas escolhas, mas também para se conhecer melhor e encontrar dentro de si força para superá-la.

Se a pessoa chora tudo, aceita a sua condição, estará pronta para nova caminhada. Ela tem que aceitar, fundamentalmente a dor de ter atraído essa doença. Tem que aceitar a dor, não precisa aceitar a doença.
Tem que aceitar que a doença aconteceu, mas não precisa aceitar que vá ficar. Ao não aceitar que vá continuar, irá lutar até ao fim para eliminá-la.
Mas a dor, a dor da doença ter acontecido, essa tem que ser processada e expulsa. Só expulsas a dor no dia em que a vivencias até ao limite.

Jesus



A densidade energética a partir do interior é denominada Sobreposição de Encarnações e é constituída por memórias inconscientes de vidas passadas, que despertam quando existe algum desequilíbrio energético.
E o desequilíbrio formado pela tentativa do ego de manipular o sistema de crenças é o maior de todos.

Quando o universo diz sim (envia uma experiência), e a mente, o ego, diz não (não quero vivenciar essa experiência), o desequilíbrio energético chega ao limite.
É nesta altura que a pessoa fica "suja", atrai imensa energia negativa. E essa energia tem que ser limpa, tem que se retirar daí toda e qualquer forma de densidade.

Ao retirar densidade, ao "limpar espiritualmente" criamos condições para deixar de haver rejeição aos eventos inevitáveis a pessoa ficar energeticamente equilibrada a energia de "um só corpo, uma só frequência" começar a fluir com liberdade tudo voltar à normalidade.

A densidade energética está em todo o lado.
Quanto mais uma pessoa se limpa, mais elevada fica, pois com a continuação das Limpezas, essa pessoa vai subindo o seu nível energético, e mais vai promovendo um bem estar geral.

Jesus



Voltar ao topo

Copyright © 2016 Projeto Alexandra Solnado. Todos os direitos reservados.